segunda-feira, 30 de maio de 2016

SEGURO PIRATA - CUIDADO

Em duro pronunciamento contra o seguro pirata, feito durante a sessão solene em homenagem aos 30 anos do Sincor-GO, nesta terça-feira (24/05), no plenário da Câmara, o deputado Lucas Vergilio (SD-GO) criticou o fato de até mesmo veículos conceituados da imprensa serem ludibriados pela “esperteza de quem dirige as associações” que comercializam a chamada proteção veicular. “Foi o caso da revista Quatro Rodas, que, na edição deste mês, publicou reportagem intitulada “Negócios entre amigos””, observou.

Segundo ele, a chamada “proteção veicular”, comercializada por cooperativas e associações é uma “corruptela de seguro”, que vem causando prejuízos a inúmeros consumidores incautos e mal informados.

Lucas Vergilio lembrou que já apresentou, inclusive, o Projeto de Lei 3.139/15, que visa a proibir a constituição, operação, comercialização, venda e a realização de contratos de natureza securitária, por associações, cooperativas e clubes de benefícios.

Para o deputado goiano, esse problema não pode continuar a ser ignorados pela Susep. Na visão dele, a direção do órgão regulador “tem obrigação de adotar, imediatamente, medidas firmes para proteger o consumidor e preservar a imagem de um setor que responde por aproximadamente 6% do Produto Interno Bruto do país”.

Lucas Vergilio salientou ainda que a população não pode ficar exposta à ação desses “agentes do atraso”, que muitas vezes se apresentam como modernos e transparentes. “As consequências serão gravíssimas se nada for feito o mais rápido possível”, advertiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário